Economias da OCDE ainda vão recuar 4,6% em 2009

A economia dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) deverá contrair-se 4,6 por cento em meados de 2009, recuperando no fim do ano ou no início de 2010, afirmou hoje o secretário-geral da Organização, Angel Gurria.No entanto, o mexicano Gurria mostrou-se optimista devido à eventual retoma da  actividade económica nos Estados Unidos, “país que pode sair primeiro da recessão (…) graças aos enormes estímulos económicos.”

A recuperação norte-americana terá um efeito positivo imediato numa série de países cuja economia depende dos Estados Unidos, como é o caso do México.

MRA Alliance/Agências

Leave a Reply