Dívida: Ministro alemão defende que os países resgatados devem ceder soberania à UE

O ministro das Finanças alemão Wolfgang Schäuble diz ser responsabilidade dos governos europeus prevenir o desmembramento da Zona Euro, mas que é necessário também criar sanções mais severas para os países ajudados.

Em entrevista à revista alemã “Stern”, citada por várias agências noticiosas, Schäuble defende que “um Estado que tem problemas e é ajudado deve ceder a parte da sua soberania à União Europeia (UE)”. Na sua opinião, esta consequência seria muito melhor do que um possível incumprimento por parte dos países da moeda única.

O ministro europeu, que tem tido opiniões publicamente divergentes do Banco Central Europeu (BCE), admitou que por vezes se tem “irritado” nas negociações europeias, mas que, em caso algum, colocou em causa a independência do banco. “Respeitamos a independência do BCE. (…) Estamos a favor e não a criticamos. Isto devia ser válido também no sentido contrário”, remata.

MRA Alliance/JdN

Leave a Reply