Crude a USD 120,-/barril pode reduzir crescimento mundial em 3,6%

Um destacado economista publicou, em 2006, um estudo que lançava uma pergunta tão provocadora quanto preocupante: “O que representará para a economia global petróleo a 120 dólares/barril?” A resposta era clara: um recessão a nível global se aquele preço se mantiver durante um ano. Robert Wescott, economista que chefiou o grupo de consultores económicos do presidente dos Estados Unidos e autor do estudo, calcula que a dramática subida dos preços dos combustíveis fósseis terão um impacto devastador na economia. O custo para atestar os depósitos dos automóveis e aviões causará uma quebra de 2,3% no crescimento estadunidense e de 3,6% no crescimento económico mundial. MRA Dep. Data Mining

Leave a Reply