Comissão Europeia defende assinatura do Tratado de Lisboa na capital portuguesa

Mosteiro dos Jerónimos - 1986/2007 - Do Tratado de Adesão de Portugal à CEE ao Tratado de Lisboa /Reforma da UEA Comissão Europeia defende que o Tratado de Lisboa deve ser assinado a 13 de Dezembro na capital portuguesa, como está previsto, considerando que não há razões para se quebrar uma prática há muito estabelecida na União Europeia. A “transferência” da cerimónia de assinatura do novo Tratado europeu para Bruxelas é defendida por algumas vozes, pois no mesmo dia terá início na capital belga a cimeira de chefes de Estado e de Governo da UE, mas segundo o executivo liderado por José Manuel Durão Barroso não há razões para alterações, embora essa seja uma decisão que cabe sempre aos Estados-membros. Nos últimos dias, algumas vozes têm-se insurgido contra os custos e a carga poluente de deslocações aéreas dos 27 dirigentes europeus, num mesmo dia, entre as respectivas capitais, Lisboa e Bruxelas, defendendo que a assinatura do novo Tratado e a Cimeira europeia deveriam realizar-se no mesmo local.

Leave a Reply