China: Seis condenados à morte pela violência étnico-religiosa em Urumqi

Cenas de violência em UrumquiA Justiça chinesa condenou seis homens à pena de morte e um sétimo a prisão perpétua pelo seu envolvimento nos massacres em Urumqi, de acordo com a agência estatal da China.

A sentença foi conhecida esta segunda-feira e de acordo com o tribunal todos os condenados têm nomes uighur e pertencem ao grupo que liderou os combates contra os Han, a etnia maioritária na China.

O homem que escapou à pena de morte – foi condenado a perpétua – confessou os crimes de assassínio e roubo e ajudou a Justiça a capturar um dos cabecilhas do grupo.

Os conflitos estalaram em Julho. De acordo com o balanço oficial morrerram 197 pessoas.

MRA Alliance/Agências

Leave a Reply