Archive for the ‘Ucrânia’ Category

Ucrânia: Ex-primeira-ministra presa preventivamente

domingo, agosto 7th, 2011

O tribunal de Kiev ordenou ontem a prisão preventiva da ex-primeira ministra ucraniana, Yulia Timoshenko, por alegada perturbação do julgamento e obtrução à justiça, com os seus apoiantes a criarem tumultos no tribunal. Mais de 200 polícias anti-motim foram mobilizados para acompanhar a saída da ex-primeira-ministra.

A atual líder da oposição está a ser julgada sob a acusação de abuso de poder e diz que o processo é uma “farsa” montada pelo grande rival político, o atual presidente Victor Ianukovich. Timochenko é acusada de, enquanto primeira-ministra, ter aprovado um contrato ruinoso de abastecimento de gás russo, sem a autorização do governo, o que terá lesado o Estado em mais de 130 milhões de euros.

Os Estados Unidos e a União Europeia já expressaram preocupação pela suposta natureza política deste julgamento. Reagindo à detenção, a chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton afirmou-se preocupada com o respeito pelo estado de direito na Ucrânia. A França também reagiu com preocupação pelas alegadas motivações políticas que estão a influenciar o julgamento.

Em declarações à Euronews,  o analista político Volodymyr Fesenko comentou a possibilidade de a líder da oposição ucraniana poder em breve vir a ser libertada frisando que tudo depende da pressão do Ocidente.

“É óbvio que o verdadeiro teste será a reação a nível internacional. O futuro de Yulia Timoshenko depende do que os líderes ocidentais vão dizer. Se a reação for forte será provavelmente libertada, ou agora ou depois da sentença. Se a reação for fraca então poderá permanecer na prisão”, disse o analista.

MRA Alliance/Agências

Ucrânia: Primeira-ministra Tymoshenko não aceita derrota eleitoral

terça-feira, fevereiro 9th, 2010

Yulia Tymoshenko - Primeira-ministra da Ucrânia “Nunca reconhecerei a legitimidade da vitória de Yanukovich com uma eleição assim”, declarou a primeira-ministra da Ucrânia, Yulia Tymoshenko, ao comentar a derrota no segundo turno da eleição presidencial de domingo, segundo o site do jornal Ukrainska Pravda. De acordo com o jornal, Tymoshenko fez a declaração em uma reunião com os deputados de seu partido, que anunciaram a intenção de apresentar vários recursos judiciais contra a eleição de Viktor Yanukovich.

Tymoshenko vai tentar anular o resultado de várias seções eleitorais e se obtiver sucesso, pretende questionar o resultado global da votação, informou a deputada Olena Chustik.

No segundo turno, o candidato de oposição Viktor Yanukovich, pró-Moscou, recebeu 48,95% dos votos, contra 45,48% para Tymoshenko, segundo os resultados quase completos divulgados pela Comissão Eleitoral.

Os observadores da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) afirmaram na segunda-feira que a eleição foi “transparente e honesta”.

MRA Alliance/AFP