Archive for the ‘Real’ Category

Real vai desavalorizar-se nos próximos 2-3 anos, dizem analistas

segunda-feira, agosto 11th, 2008

O banco suíço UBS alterou a recomendação para os investimentos em reais e passou a uma posição “neutra”, segundo a edição de hoje da Folha Online. O fortalecimento do dólar nos mercados globais e a deterioração da balança de transacções correntes do país tornam a moeda brasileira mais vulnerável, disse Paulo Tenani, do UBS Wealth Management, citado pelo jornal electrónico brasileiro. “Encerrámos a nossa recomendação de longa data para o real. Os retornos seguem muito generosos, porém, os riscos aumentam com demasiada rapidez”, disse Tenani, um dos primeiros analistas a apostar que o movimento de alta do real se acentuaria, quando ainda era incipiente. O estrategista-chefe do banco UBS considerou que o cenário está hoje menos claro. “Os fundamentos apontam para diferentes sentidos”, diz Tenani. Contudo, o banco não espera uma mudança imediata. As taxas projectadas USD/Real são de 1/1,60 (três meses) e 1/1, 70 (seis meses e 12 meses) respectivamente. Marcelo Ribeiro, da Pentágono Asset Management, previu que as contas externas brasileiras deverão piorar pelos mesmos motivos que agora favorecem os Estados Unidos -menor preço das commodities, menores volumes exportados, menores fluxos para as aplicações financeiras e possibilidade de redução do IDE (Investimento Directo Estrangeiro), no curto prazo. Para Ribeiro, a tendência de alta do dólar é global e “veio para ficar”, com os investimentos a saírem dos países emergentes para os EUA. “O real está vulnerável e vai depreciar-se nos próximos dois ou três anos”, afirmou. MRA Dep. Data Mining

Dólar subiu ontem 2,52% no mercado brasileiro

terça-feira, janeiro 22nd, 2008

BCB_SedeInfluenciado pela queda das bolsas ao redor do mundo, o dólar comercial fechou hoje com uma alta de 2,52% no mercado brasileiro, cotado a US$ 1,829 para compra e US$ 1,830 para venda. Cotação do Dólar comercial / Compra: 1,829 – Venda: 1,830.

Fonte: Banco Central

Baixa dos juros nos EUA deve impulsionar real face ao dólar

quarta-feira, janeiro 16th, 2008

Real vai continuar a valorizar-se contra o dólarA continuação dos cortes dos juros pela Reserva Federal (Fed) dos Estados Unidos para evitar uma recessão deve impulsionar o real, mas ter efeito contrário sobre o peso mexicano. Win Thin, analista de mercados emergentes da Browne Brothers Harriman, em Nova Iorque afirmou à Reuters que “conforme as taxas caem nos Estados Unidos, o rendimento de algumas moedas latino-americanas sobe automaticamente.” O Fed deve reduzir a taxa básica de juros em pelo menos 0,50 ponto percentual, para 3,75 por cento, na reunião de 29 e 30 de janeiro.O crescimento econômico nos Estados Unidos desacelerou no ano passado e um número cada vez maior de economistas vem defendendo que uma recessão pode ser iminente. Nem mesmo a forte queda do dólar em 2007 em relação às moedas locais deve deter os investidores. “Ainda há espaço para maiores altas [das moedas locais] em lugares como o Brasil e Chile”, disse Thin. A Browne Brothers Harriman recomendou aos seus clientes que comprem a divisa brasileira. A corretora espera que o real supere a apreciação de 20% registada contra o dólar em 2007. A taxa de câmbio poderá atingir a cotação de 1,65 real/dólar, em 2008.