Bruxelas prepara medidas fortalecer supervisão dos bancos

O Conselho Europeu de Junho vai tentar vencer as reticências do Reino Unido e aplicar uma nova norma de supervisão dos bancos, já em 2010, procurando adiantar-se aos Estados Unidos na definição da futura regulação dos mercados financeiros, noticia hoje o Público online. “A Comissão Europeia pretende reforçar os seus sistemas de vigilância e de controlo, depois dos fracassos das regras financeiras terem reforçado a crise global”, refere o jornal.

A CE pretende criar dois organismos distintos – um para avaliar os riscos sistémicos das finanças europeias (Conselho Europeu de Risco Sistémico), e outro para regular os mercados bancário, segurador e bolsista (Sistema Europeu de Supervisores Financeiros).

A proposta deverá ser discutida no próximo Conselho Europeu, em meados de Junho. O executivo comunitário pretende vencer a relutância do Governo britânico, que se recusa a aceitar as normas comuns para todos os países. Londres considera que cabe às suas autoridades fixar os critérios de inspecção das suas instituições financeiras, apesar do fraco desempenho dos reguladores do Reino Unido na gestão da própria crise.

MRA Alliance/Público

Leave a Reply