Brasileira CSN lança OPA sobre Cimpor

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), empresa brasileira, lançou hoje uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a totalidade do capital da Cimpor. A CSN oferece 5,75 euros por cada acção, esclarecendo que a OPA visa as 672 milhões de acções representativas da totalidade do capital social mas esclareceu  que, para já, pretende adquirir um mínimo de 50% do capital da empresa portuguesa.

A OPA sobre a Cimpor integra uma estratégia de diversificação e internacionalização dos negócios da empresa brasileira, pelo que «a aquisição do controlo da Cimpor permitirá o acesso a mercados já consolidados e a novos mercados com elevado potencial de crescimento», precisou a CSN.

«Construímos uma proposta que é adequada à estrutura interna da Cimpor. Sabemos que há accionistas que querem ficar, que gostam da empresa, que acreditam que a empresa pode valer mais no futuro, e existem accionistas que querem sair», afirmou Juarez Saliba de Avelar, em declarações à agência Lusa. Escusando-se a dizer se já entrou em contacto com os accionistas, o director-executivo da siderúrgica brasileira disse que a proposta «vai motivar os accionistas que querem abandonar a empresa a sair» do capital da cimenteira.

O Conselho de Administração da Cimpor tem agora oito dias para se pronunciar sobre a OPA. Cabe à cimenteira elaborar o relatório, dizendo se a considera oportuna e o que pensa sobre as condições oferecidas.

O accionista Joe Berardo considerou o preço de oferta «muito baixo».

MRA Alliance/Agências

Leave a Reply