Bancos: CGD emprestou ao Financia 195 milhões com “garantias reais”

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) confirmou hoje que concedeu dois empréstimos ao Banco Finantia, no último trimestre de 2008, em operações de crédito sustentadas «em garantias reais, juridicamente sólidas e dotadas de consistência».O banco estatal português esclareceu que não recebeu ordens «do Governo, ou de qualquer outra autoridade, para realizar qualquer operação de crédito ao Banco Finantia».

O jornal «i» noticiou hoje que a CGD foi pressionada pelo governo para conceder um empréstimo de 200 milhões de euros ao Banco Finantia, para a resolução de problemas de liquidez. Porém, o ministro das Finanças apressou-se a negar a versão do novo jornal esclarecendo que foi consultado previamente sobre o assunto e que não se opôs ao financiamento.

“O Governo não deu ordem a ninguém”, disse Teixeira dos Santos, no Parlamento, em resposta a uma pergunta do Bloco de Esquerda. “O Finantia não vive de depósitos e enfrentou problemas de liquidez” precisou o ministro, acrescentando que “o Banco de Portugal, numa acção de emergência de liquidez, solicitou à Caixa que fizesse aquela operação”.

MRA Alliance/Agências 

Leave a Reply