Banco Wachovia apresentou hoje primeiro prejuízo em sete anos

O quarto maior banco dos Estados Unidos, o Wachovia Corp. , anunciou hoje os resultados relativos ao primeiro trimestre do ano, quatro dias antes do previsto, que se traduziram em prejuízos, os primeiros desde 2001, no montante de USD 393 milhões. As perdas, relacionadas com as hipotecas de alto risco (subprime), levaram o banco a anunciar que cortou nos dividendos, para reter USD 2 000 milhões em capital, e que irá lançar uma operação de recapitalização, em bolsa, no montante de USD 7 000 milhões/bilhões. Os resultados negativos do primeiro trimestre contrastam com os lucros de 2 300 milhões/bilhões, em 2007. O valor do banco caíu para metade, desde 2006, após a compra da hipotecária Golden West Financial Corp. (USD 24 600 milhões/bilhões) no princípio do rebentamento da bolha imobiliária. O Wachovia alocou mais USD 2 800 milhões/bilhões para cobrir os prejuízos do primeiro trimestre, e prevenir a continuada desvalorização dos activos imobiliários que detém na Califórnia e na Flórida. Os analistas prevêm que, em 2008, será muito difícil reverter a situação negativa, face ao esperado agravamento da crise hipotecária. Na Europa, esta manhã, os investidores em várias praças financeiras inundaram os mercados com ordens de venda das acções Wachovia. O dia promete ser de forte desvalorização, designadamente após a abertura das bolsas nos EUA, dentro de algumas horas.

MRA, Dep. Data Mining

Leave a Reply