Banca portuguesa restringe concessão de crédito no quarto trimestre

Banco de PortugalO Banco de Portugal revelou hoje que, de acordo com o inquérito sobre o mercado de crédito, de final de Setembro de 2007, junto de cinco grupos bancários portugueses , estes vão tornar mais restritivos os critérios de aprovação de empréstimos a empresas e particulares no último trimestre do ano. Os Indicadores de Conjuntura de Setembro hoje divulgados pelo Banco de Portugal (BdP), indicam uma diminuição da procura de empréstimos, no terceiro trimestre, por parte de empresas e de particulares para aquisição de habitação.

Os factores apontados pelos bancos como indutores da maior restritividade dos critérios foram o aumento do custo de financiamento, maiores restrições de balanço dos bancos e a deterioração dos riscos percebidos. Os empréstimos concedidos a instituições financeiras não monetárias aceleraram. A taxa de variação anual passou de 12,5 para 15%. Registou-se no período em análise um situação de estabilidade no crescimento dos empréstimos a particulares para aquisição de habitação (em 8,9%) com uma tendência de aceleração (+ 0,6%) dos empréstimos a particulares para consumo e outros fins (a taxa de variação anual passsou de 9,3 para 9,9%).

Leave a Reply