Argentina: Ex-presidente Alfonsín doava metade da pensão para ajudar reformados

O falecido líder político argentino Raúl Alfonsín doava 50% da pensão de ex-presidente (1983-1989) para ajudar reformados da sua cidade natal a comprarem alimentos, medicamentos e aparelhos auditivos , revelou hoje, à agência France Press, uma fonte local.

“Durante muitos anos doou metade da pensão, cerca de 7.000 pesos (1.870 dólares), para o seguro social e de saúde dos reformados”, disse um membro do município de Chascomús, uma região agrícola e de pesca desportiva, com 38.000 habitantes, 110 Km a sudoeste de Buenos Aires.

Alfonsín morreu na noite de terça-feira, aos 82 anos, vítima de cancro.

MRA Alliance/AFP

Leave a Reply