Argentina: Eleitores infligem pesada derrota ao clã Kirchner

Nestor e Cristina KirchnerO partido peronista do ex-presidente Néstor Kirchner perdeu nos principais distritos eleitorais da Argentina na consulta realizada ontem. De acordo com os resultados preliminares, o executivo perdeu a confiança do eleitorado nas cinco maiores  províncias e na capital, Buenos Aires, tradicional bastião dos peronistas e principal cintura industrial da Argentina.

Segundo as agências internacionais, o partido do casal  Kirchner também perdeu em Córdoba, terceira província em peso eleitoral, bem como em Mendoza e em Santa Cruz , onde Kirchner governou durante 12 anos e onde votou a sua esposa e sucessora na Presidência, Cristina Fernández.

Com um terço dos votos apurados na província de Buenos Aires, a Frente para a Vitória (peronista) liderado por Kirchner somou 31,9%, três pontos abaixo da coaligação União-PRO, liderada pelo peronista dissidente Francisco de Narváez.

O líder da União-PRO considerou que o triunfo na província de Buenos Aires, tradicional reduto peronista, “virou uma página da história”. “Dissemos que um dia íamos mudar a história. Este é o dia”, afirmou.

O presidente da câmara da capital, Mauricio Macri, apelou ao diálogo e à reconciliação e disse que a presidente Cristina deve escutar a voz do povo. “À nossa presidente quero dizer que espero que tenha escutado a mensagem dos argentinos e que convoque a pacificação dos argentinos”, disse o político conservador.

Leave a Reply