Alemanha teme terrorismo com ampliação da livre circulação

Fronteira germano-polacaO Sindicato Alemão da Polícia (GdP, em alemão) alertou hoje (quinta-feira) para os riscos de um “aumento maciço” da criminalidade e do terrorismo, após a abolição, a partir de amanhã, das fronteiras alemãs com a Polônia e a República Checa. “A abertura das fronteiras é um convite aos criminosos”, afirmou hoje Josef Scheuring, membro da direção do GdP, numa conferência sobre segurança promovida pela organização sindical em Goerlitz, na fronteira germano-polaca. O GdP é contra a liberalização das fronteiras entre os três países membros da UE, por considerar que ainda não estão reunidas as condições prévias para combater atos criminosos. “[Com a abertura] será ainda mais fácil cometer crimes num país estrangeiro”, disse o polícia sindicalista. (pvc/UOL/Lusa)

Leave a Reply