Alemanha quer recrutar mão-de-obra especializada ibérica

Trabalho especializado na AlemanhaAs empresas alemãs queixam-se de falta de mão-de-obra especializada e, para colmatar esta falha, segundo o semanário Der Spiegel, o partido democrata-cristão de Angela Merkel (CDU), propõem o recurso à mão-de-obra dos países europeus, sobretudo de Portugal e Espanha, onde há muitos jovens à procura de emprego. Os planos, segundo a revista, teriam sido gizados recentemente por um grupo de políticos conservadores.

“No sul e no leste da Europa há muitos jovens desempregados que procuram urgentemente trabalho”, disse à Der Spiegel o vice-presidente do grupo parlamentar democrata-cristão, Michael Fuchs. A chanceler alemã apoia a ideia e tenciona abordar o assunto com o governo espanhol já no próximo encontro, segundo o jornal, citado pela TSF.

Este será um dos modelos para combater a falta de mão-de-obra especializada na Alemanha, sem ter de alterar a lei de emigração para facilitar a vinda de trabalhadores de outras regiões.

Um estudo da agência federal do trabalho, propõe, por exemplo, que se recorra à mão-de-obra feminina alemã, visto que apenas 55% das mulheres do país trabalham a tempo inteiro.

MRA Alliance/DE

Leave a Reply