Afeganistão: Deputados estão envolvidos no tráfico de drogas e terrorismo

Abdollah Loghmani, director adjunto dos serviços secretos do Afeganistão, revelou ter provas do envolvimento de deputados afegãos na produção e tráfico de drogas, noticiou a agência Adnkronos. Durante um depoimento na Câmara Baixa do parlamento (Vali Jirga), em Cabul, Loghmani confirmou as acusações do deputado independente Khaled Pashtun ao afirmar que “os serviços de segurança têm provas suficientes desse facto”, mas recusou-se a fornecer provas documentais argumentando que “são segredo de Estado.” O n.º2 dos serviços secretos afegãos acrescentou que “os deputados envolvidos no tráfico de droga também são apoiantes de grupos terroristas que operam no sul do país.” Vários deputados pediram ao governo afegão que entregue as provas ao parlamento mas, até agora, o executivo recusou. Recentemente vários deputados do Parlamento Europeu apelaram à Comissão Europeia e o Conselho Europeu para que tomem medidas mais eficazes de combate ao narcotráfico controlado pelos talibãs e ao fluxo de fundos financeiros gerados no exterior pelo comércio de droga. MRA/Agências

Leave a Reply