Petrolíferas guineenses reunidas em Lisboa

Quatro empresas de prospecção do petróleo no offshore (em alto mar) da Guiné-Bissau reúnem-se em Lisboa no próximo dia 30 para preparar o orçamento de futuras operações, disse à Agência Lusa o diretor-geral da Petrolífera da Guiné-Bissau (Petroguin), Leonardo Cardoso.
Segundo Cardoso, a reunião vai juntar à mesma mesa as empresas Petroguin, da Guiné-Bissau, Premier Oil, do Reino Unido, e as norte-americanas Oxidental Petroleum (Oxy) e Esterling, ambas de Houston.
As quatro companhias detêm as licenças de prospecção dos blocos petrolíferos Esperança e Sinapa, situados no offshore guineense, estando em curso estudos para a coleta das amostras do petróleo.
De acordo o dirigente, as amostras recolhidas até aqui indicam “boas perspectivas”, mas ainda não foi descoberto petróleo com valor comercial no país africano.

Fonte: Lusa Brasil

Leave a Reply